Saiba a diferença entre BL Telex release, Express release e original na origem

Desde o início da civilização, o mar é utilizado como uma das principais vias de transporte comercial. Atualmente, a importação e exportação marítima é o transporte mais comum, sendo utilizado em aproximadamente 90% das cargas, devido aos seus custos baixos. Esse modal aquaviário também é considerado um dos mais seguros e confiáveis e também é o mais recomendado para longas distâncias.

 

E para esse tipo de modal existem alguns processos logísticos, saiba a diferença entre o Telex release, Express release e Bill of lading e como a Tradeways ACE pode indicar a você qual a melhor logística para o seu negócio, maximizando o uso do transporte, minimizando os custos da sua empresa:

 

Telex Release

Quando um documento Bill of Lading é entregue na porta de carregamento ou em outro lugar, o transportador ou seu agente enviará uma autorização de liberação para o porto de descarga, para que o destinatário possa garantir a liberação da carga sem a apresentação do documento Bill of Lading. Esta autorização de liberação é chamada de “Telex Release”.  Se você está lidando com o Telex Release, um Bill of Lading original ainda será gerado. Mas ao apresentar uma cópia já será suficiente para garantir a liberação de seus produtos.

 

 

O que significa “Telex Release”?

Antigamente, as mensagens eram transmitidas usando uma máquina Telex. Telex é um acrônimo para o serviço TELegraph EXchange. Esse objeto era um teleprinterizador usado para enviar e receber mensagens baseadas em texto usando o serviço de telegrafia, hoje em dia essa prática é feita através do E-mail. Na prática comercial, uma Telex Release é solicitada pelo remetente ou consignatário apenas no caso de um conhecimento de embarque reto e não um conhecimento de embarque de pedido.

 

O Telex é uma mensagem enviada pelo agente ou companhia marítima para seu destino, permitindo que a carga seja liberada para o destinatário sem ter que apresentar fisicamente o Conhecimento de Embarque Original. Normalmente essa liberação é feita quando o conhecimento de embarque original não pode ser enviado ao destino em tempo para a liberação da carga.

 

E quais são os seus principais  benefícios?

  • Agilizar o desembaraço aduaneiro
  • Deixa o processo mais rápido e conveniente
  • Elimina os custos de documentação de envio

 

Express Release:

O Express Release é utilizado em situações “expressas” e significa que não foi emitido ou solicitado nenhum Conhecimento de Embarque Original e enviado para o agente de cargas ou para a companhia marítima. O Express Release normalmente é solicitado quando o remetente não é necessário o  documento Bill of Lading Original para garantir o pagamento da carga.

O Express Release é a variação mais rápida e mais barata do conhecimento de embarque,  no entanto, ele é recomendado apenas para remetentes e consignatários com relações de confiança, pois o Express Release não oferece tanta proteção para o remetente quanto as outras opções.

Benefícios:

  • Essa é a opção mais rápida, a mercadoria pode ser liberada assim que chegar ao porto.
  • O Express Release elimina os custos de envio de documentação.
  • E também elimina os custos de gerar a documentação.

 

Conhecimento de embarque original ou Bill of Lading

O conhecimento de embarque ou Bill of Lading (BL) é um dos documentos mais importantes para o comércio exterior. Trata-se de um contrato de transporte, celebrado entre os exportadores e o transportador marítimo que deve levar a mercadoria até o destino combinado, mediante pagamento do frete. Entretanto, esse mesmo documento também serve como um recibo de entrega da carga e como título de crédito.

Mas afinal, para que serve o Bill of Lading?

O Bill of Lading pode funcionar como uma evidência de transporte, como um recibo das mercadorias a bordo do navio e como prova de propriedade. Assim sendo, existem três funções básicas para o BL, que são:

Contrato de transporte: contrato firmado entre o transportador e o exportador, sendo emitido após o embarque dos itens;

Recibo de entrega da mercadoria: como comprovação documental do recebimento da carga para transporte;

Título de crédito: usado como documento de resgate da mercadoria junto ao transportador, no destino final.

Vale lembrar ainda que o Bill of Lading pode ser composto de várias vias, sendo o mais comum, a emissão de 3 não negociáveis e 3 negociáveis.

Basicamente, existem três tipos de Bill of Lading:

Porto a porto: Essa modalidade assume o traslado da carga apenas no trajeto marítimo, do porto de embarque até o porto de destino. Normalmente, é emitido para transporte em navios de linhas regulares.

Multimodal: Utilizado para contratar o serviço de transporte que cobre o trajeto total ponto a ponto, porto a ponto ou ainda, ponto a porto. Neste caso, é necessário mais de um modal, o que implica em um frete especial. Esta é uma condição bastante cômoda para o exportador, já que a sua operação fica reduzida à entrega dos itens ao transportador.

Charter party: Direcionado para um contrato de afretamento de navio, em geral, para transporte de uma carga única. Este tipo de Bill of Lading não é emitido para navios de linha regular e também não é aceito pelos consignatários, que trabalham apenas com a reserva de espaço na embarcação.

 

O Bill of Lading também pode ser classificado de outras 4 maneiras:

Único: emitido pelo transportador, quando o consignatário não é um agente desconsolidador.

Genérico ou master: emitido pelo transportador, quando o consignatário é um agente desconsolidador.

Agregado, house ou filhote: emitido por um agente consolidador e o consignatário não é um desconsolidador.

Sub-master ou co-loader: emitido por um agente consolidador e o consignatário é um agente desconsolidador.

Independente da escolha do processo que seja utilizado para a liberação da carga ao destino, Bill of Lading, Telex Release ou Express release, contar com uma assessoria é essencial para garantir que garantir que os procedimentos e os documentos estejam todos corretos para evitar qualquer transtorno.  

A Tradeways ACE garante eficiência no processo logístico, desde as operações de origem até o destino final, oferecendo uma assessoria adequada e uma equipe com experiência e conhecimento na área de comércio exterior, executando os processos com maior agilidade, evitando erros que possam levar a perdas de prazos e gerar multas. Entre em contato conosco, temos o know-how e expertise para se tornar um guia essencial para o transporte do seu produto.